Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
Debate_Nilma

Debates Cerrados com Nilma Lino Gomes

Tema dessa edição será "Universidade Pública, diversidade e antirracismo"

O Programa de Pós-graduação em Antropologia Social (PPGAS) e o Grupo de Trabalho de Ações Afirmativas da UFG realizam, no próximo dia 9 de maio, mais uma edição do Debates Cerrados. Com o tema "Universidade Pública, diversidade e antirracismo", o evento terá a participação da Professora Doutora Nilma Lino Gomes, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O debate vai ocorrer às 9h, no auditório da Faculdade de Informação e Comunicação (Fic/UFG). 

Nilma Lino Gomes

Nilma Lino Gomes é pedagoga, possui mestrado em Educação, doutorado em Antropologia e pós-doutorado em Sociologia. Foi a primeira mulher negra a comandar uma universidade federal ao ser nomeada reitora Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira. Em 2015, foi nomeada para ocupar o Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, cargo no qual permaneceu até o afastamento da presidenta Dilma Rousseff. 

Atualmente, integra o corpo docente do Programa de Pós-graduação em Educação, Conhecimento e Inclusão Social da UFMG. Integrou a Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação (gestão 2010 a 2014). Foi reitora Pró-Tempore da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira - UNILAB (2013-2014). Foi Ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial -SEPPIR - (2015) e do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos (2015-2016) do governo da presidenta legitimamente eleita, Dilma Rousseff. É membro da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação (ANPED), Associação Brasileira de Antropologia (ABA), Associação Brasileira de Pesquisadores Negros (ABPN).Investiga os temas: diversidade, cultura e educação, relações étnico-raciais e educação, formação de professores e diversidade étnico-racial, políticas educacionais, desigualdades sociais e raciais, movimentos sociais e educação, com ênfase especial na atuação do movimento negro brasileiro.

Listar Todas Voltar